As estrias são o pesadelo da maior parte das mulheres brasileiras. As marcas esbranquiçadas e vermelhas são uma verdadeira dor de cabeça, mas para alguns homens elas são apenas a marca de uma feminilidade natural. Para o bem ou para o mal, as estrias chamam cada vez mais a atenção do grande público, o que faz com que as dúvidas em torno delas aumentem de forma substancial. Se você tem curiosidade e quer saber o que são as estrias e como podemos tratá-las e eliminá-las, podemos ajudar a resolver de uma vez por todas esse mistério.

Afinal, o que são estrias?

As estrias nada mais são do que pequenas marcas que aparecem em nossa pele toda vez que uma fibra colagenosa e elástica é destruída (ou rompida, nesse caso). Normalmente, elas aparecem quando a pele é esticada demais, como em pessoas que estão acima do peso ou pessoas que fazem muitos exercícios para aumentar a massa muscular e “crescer”. Essas marcas, que nada mais são do que linhas paralelas ou únicas, se formam por conta do menor espaço da derme e epiderme, que fazem com que a pele fique facilmente marcada.

Algumas mulheres relatam dor e coceira, mas o mais normal é que as estrias apareçam sem serem notadas, ou seja, são assintomáticas.

Quais os tipos de estrias existentes?

Existem apenas dois tipos de estrias, as brancas e as vermelhas ou arroxeadas. Sua coloração, no entanto, não está ligada às causas de sua aparição, mas sim ao tempo de existência de cada uma.

As linhas mais arroxeadas ou vermelhas são aquelas que surgiram há pouco tempo, ou seja, são as mais recentes. Essas podem ou não acompanhar coceira, isso porque um pequeno processo de inflamação pode acontecer no local.

As estrias esbranquiçadas ou quase transparentes são aquelas mais antigas e tem essa coloração por conta de um processo de atrofia das fibras, ou seja, não tem nenhuma inflamação no local. Essas estrias aparecem quando a mulher ou homem ganha peso, usa anabolizantes, coloca algum tipo de prótese ou faz reposição hormonal. Nas mulheres, o mais comum é que as estrias apareçam durante o período gestacional.

Onde elas costumam aparecer?

As estrias são mais comumente encontradas nas coxas, abdômen, seios, flancos e coxas femininas, regiões nas quais a concentração de gordura é maior. Já nos homens, elas surgem de forma mais corriqueira nos braços, costas e ombros e estão mais ligadas ao aumento da massa muscular ou ao uso de anabolizantes. Se as estrias começarem a aparecer em grande quantidade e de forma abrupta, o ideal é procurar um especialista, já que ela pode estar associada a algumas doenças.

Tem cura?

Essa é uma resposta difícil. Normalmente, as estrias não tem cura, mas dependendo do grau elas podem ser quase que totalmente apagadas. Em casos mais simples, medicamentos utópicos e o uso de óleos e hidratantes ajudam a frear processo. Entre os mais comuns estão o uso de ácido retinoico, microdermoabrasão, infravermelho, peelings, laser fracionado e ablativo, laser não-ablativo e subcisão.