Tratamentos especiais para a pele do rosto

Luz Intensa Pulsada

Aplicação de múltiplos feixes de luz que simulam a ação dos lasers verdadeiros. Quando associados; “varrem” a epiderme e a derme e reduzindo pigmentos e estimulando renovação de colágeno. Necessárias de 3 a 6 sessões dependendo da indicação..

Laser para Vasos Nasais (Nd–Yag 1064nm)

Aplicação de uma única banda de luz com propriedades específicas. Atravessa a epiderme e na derme atinge, seletivamente, os vasos dilatados, reduzindo o seu calibre. São necessárias de 2 a 3 sessões para completo resultado.

Laser para melanoses e outras pigmentações da pele (ND–Yag 532nm e 1064nm em pulsos ultracurtos)

Aqui a aplicação de uma única banda de luz específica chega em pulsos muito breves (nanosegundos) até a epiderme ou a derme para destruir, seletivamente, as moléculas de pigmento. A ação desse tipo de energia a laser puro é tão rápida que não gera calor e destruição do tecido sadio.

Laseres (Erbyum ou CO2 em técnica fracionada)

Com esses laseres são criadas microperfurações que atingem as camadas mais profundas da pele, criando uma “retração dérmica” ou Thightenning, que reduz rugas e refaz a epiderme, melhorando a textura e a cor da pele.

Usados para tratamento de cicatrizes de acne, melhora das rugas finas e medias da face, colo e pescoço.

Radiofrequência Dinâmica

Terapia baseada na geração de calor que atinge a derme e a gordura. O aquecimento da derme age fracionando e retraindo as fibras de colágeno, o que leva a um aspecto mais firme da pele e do subcutâneo. Muito utilizado para a pele da face, pescoço, braços, abdômen, glúteos e coxas.

Ácido Hialurônico (ou Preenchimentos Faciais)

O ácido hialurônico, substância que existe naturalmente na derme pode ser sintetizada em laboratório por processos de biotecnologia. Esse gel biológico, próprio do ser humano, não é visto como estranho pelo organismo e raramente causa reações adversas.  Por isso há mais de 20 anos vem sendo usado com segurança para elevar rugas e sulcos.

Os fillers ou preenchedores são usados para tratar rugas mais pronunciadas, elevar cicatrizes, redefinir as linhas dos lábios e aumentar seu volume. Existem géis de diferentes texturas que permitem desde a simples hidratação intensiva da pele (sem alteração da forma) até o preenchimento de áreas bastante envelhecidas com as maçãs do rosto.

Hoje, utilizamos o ácido hialurônico em doses maiores e distribuídas por vários pontos específicos da face. Essa técnica de aplicação panfacial, bem executada, devolve contornos e volumes de modo bastante natural.

Toxina Botulínica

Utilizada em nossa clínica desde 1997, é um produto obtido em laboratório à partir da cultura de bactérias. Aplicada precisamente nos locais corretos, essa substância é capaz de inibir a contração muscular relaxando o semblante e atenuando as rugas de expressão facial.

Peeling Cirúrgico (ou Abrasão Cirúrgica, ou Dermoabrasão)

Tratamento feito sob anestesia local, quando se faz uma abrasão ou lixamento da pele com lixas diamantadas em motor de alta rotação.

O desgaste da pele até a derme superficial ou profunda em de cicatrizes mais difíceis é muito eficiente. Pelo risco de poder causar alterações de coloração e com o avanço dos novos laseres, essa técnica tem ficado restrita a casos muito específicos.

Peelings Químicos (Quimioesfoliações ou Esfoliação Química)

Podem ser feitas com ácido salicílico, ácido retinóico ou ácido tricloroacético. Podem ser superficiais ou de média profundidade. São um recurso ainda muito utilizados no tratamento de acne, clareamento e rejuvenescimento facial em peles fotodanificadas com rugas finas.

Peelings Químicos Profundos com Fenol (ou Fenolabrasão, ou Peeling de Baker)

Esse antigo recurso é ainda utilizado em casos de rugas ou cicatrizes muito profundas. É necessária a monitoração cardíaca e renal. A recuperação total leva cerca de 3 meses e os resultados são muito bons.

Terapia Fotodinâmica

Tratamento que gera um efeito renovador surpreendente em peles muito danificadas pelo sol. Desenvolvido para a terapia de lesões pré-cancerosas e/ou cancerosas muito iniciais e superficiais. Depende de avaliação dermatológica e eventualmente só é realizado após biópsias que confirmem a extensão da doença.

Aqui são usadas medicações que sensibilizam a pele que, em algumas horas, é submetida a uma fonte de laseres de baixa potência. A reação fotoquímica gera a formação de microbolhas de oxigênio dentro das células mais doentes, o que gera uma destruição dessas células e renovação do tecido. A pele reage com um avermelhamento e ressecamento que dura cerca de 5 dias.